‘A uma vitória do title shot’, Demian elogia Shields e Saint-Pierre

Demian está perto do title shot (Foto Gaspar Nobrega/Inovafoto)

Com três vitórias em três combates nos meio-médios, Demian Maia já se colocou em uma posição que o aproxima de mais uma disputa de cinturão no Ultimate. E para dar mais um passo rumo ao seu objetivo, o paulista vai encarar Jake Shields, no UFC Barueri, nesta quarta-feira (9). Antes do seu compromisso, porém, o lutador concedeu entrevista para falar sobre sua meta na categoria.

Além disso, o faixa-preta de Jiu-Jitsu comentou os elogios de Cesar Gracie, técnico do seu oponente, que o colocou como único a bater o atual campeão da divisão, Georges Saint-Pierre. O atleta também deu sua opinião sobre o caso da morte de Leandro Feijão.

Confira abaixo a entrevista na íntegra:

O treinador do Shields, Cesar Gracie, te elogiou e disse que você pode vencer o Saint-Pierre. O que achou dessa declaração?

Fico feliz em saber que ele falou isso. O Saint-Pierre é o cara mais difícil de bater por ele não se arriscar. Acho que ele é o campeão mais dominante, até mais que o Anderson.

Acha que com mais uma vitória já consegue ter a chance de disputar o cinturão?

Eu espero ter essa chance se eu vencer. Serão quatro vitórias seguidas. Já disputei o cinturão nos médios, vou ser ranqueado melhor, e os outros que estão na minha frente antes de mim já disputaram. Apesar do Shields não estar ranqueado bem, ele é um cara que já venceu o Condit, que foi campeão interino e campeão do Strikeforce. Esse negócio de ranking é volátil, mas eu acho que terei condições, porque não vejo outro para lutar.

Muitos criticam uma luta quando ela fica logo n0 chão. Acha que o público pode não gostar desse combate contra o Shields?

As pessoas criticam quando está parado no chão. Em pé, às vezes, uma mão entra e derruba, e no chão é difícil isso. Mas eu gosto de buscar posição, ficar girando, e garanto que não vai ser luta chata, não.

Demian Maia faz pela primeira vez um main event pelo UFC em um evento no Brasil (Foto UFC)

Vai usar essa pressão da torcida a seu favor?

O que me ajuda é que eu gosto de lutar sob pressão, e vai ser gigante aqui. Conheço muita gente aqui, e essa pressão é que vai me ajudar a ir lá e mandar bem. Acho que se conseguir uma finalização, ficarei ainda mais próximo do título.

Você já venceu bons nomes do Wrestling e, agora, vai ser mais um. Qual é o segredo desse sucesso?

Eu me considero um bom wrestler. Já treinei com vice-campeão mundial americano e sei o que é treinar com wrestler de altíssimo nível. Sei que tenho um de Wrestling de razoável para bom. Considero o Shields mais Jiu-Jitsu do que Wrestling.

Sobre o caso do falecimento do Leandro Feijão. O que você diz sobre essa perda de peso excessiva?

Eu tomo água, sem ser destilada nem nada. Isso são mitos que ninguém questiona. Quem começa, tem que ter o pensamento crítico, se vale a pena fazer essa perda de peso, ver se é seguro perder, com médico e treinadores.

O canal Combate transmite o UFC Barueri ao vivo a partir das 17h. A TATAME acompanha todos os detalhes do evento pelo site, pelo Twitter e pelo Facebook em tempo real a partir das 18h, horário previsto para o início das lutas preliminares.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night no Combate
Barueri, São Paulo
Quarta-feira, dia 9 de outubro de 2013

Demian Maia x Jake Shields
Erick Silva x Dong Hyun Kim
Thiago Silva x Matt Hamill
Rousimar Toquinho x Mike Pierce
Raphael Assunção x TJ Dillashaw
Fábio Maldonado x Joey Beltran
Yan Cabral x David Mitchell
Ildemar Marajó x Igor Araújo
Iliarde Santos x Chris Cariaso
Alan Nuguette x Garett Whiteley

Notícias relacionadas