Aldo, sobre Pettis: ‘Vou fazer ele se arrepender de ter descido de peso’

Aldo está confiante em mais uma defesa de cinturão (Foto Eduardo Ferreira)

Nesta terça-feira (11), José Aldo teve mais um contato com Anthony Pettis, seu próximo desafiante ao cinturão dos penas. Em um evento promocional, os lutadores, que vão duelar no UFC Rio 4, tiraram fotos na Praia do Arpoador, no Rio de Janeiro, e o detentor do título não deixou de falar sobre seu adversário.

Conhecido por “Showtime”, Pettis surpreende seus oponentes com golpes plásticos e eficientes. No entanto, no que depender do brasileiro, o americano também pode esperar  por novidades no confronto do dia 3 de agosto. Aldo adiantou que está fazendo um treino específico para se antecipar às investidas do desafiante.

“Quando começar a luta, é 50% para cada um. Eu também posso fazer um movimento diferente, e nos meus treinamentos sempre separo golpes novos que possam entrar. Estamos treinando para ver o movimento antes e não ter surpresa. A gente estuda muitos adversários, e temos uma equipe que faz vídeos com os golpes em câmera lenta, para enxergá-lo antes que aconteça”, disse, em entrevista à TATAME.

Esse combate vai marcar a estreia de Pettis nos penas, já que ele atuava nos leves. Sobre essa mudança de categoria, Aldo afirmou que seu desafiante vai ter outra ideia após a peleja. “Vou provar que era melhor ele ter ficado no leves e não descer, onde nunca lutou. Depois da luta, ele vai se arrepender de ter descido. Eu estou adaptado, sempre lutei. Temos que respeitar, mas ali é o nosso mundo e vamos mostrar quem somos”.

José Aldo vai para a sua quinta defesa de cinturão, a segunda sendo no Rio de Janeiro (Foto UFC)

Já que o americano furou a fila da categoria, Aldo pretende fazer o mesmo, só que subindo para os leves. “O próximo passo é esse. Quero vencer essa luta agora e, assim que vencê-lo, vou pedir essa luta (pelo cinturão). Falamos isso antes de assinar contrato, e o Dana (White) concordou. Vou passar por essa e subir para os leves”.

Treinos na Holanda e ajuda de Gray Maynard

Ciente dos perigos do seu adversário na trocação, nada melhor que o atleta tupiniquim treinar com um especialista. E por isso, o lutador da Nova União embarcou par a Holanda e treinou um tempo com o campeão do K1, Andy Souwer.

Aldo treinou com especialistas na trocação (Foto UFC)

“Fui para a Holanda treinar com o Andy Souwer, levei os DVD’s para fazer um plano de jogo. Nada mais justo que pegar um cara adaptado, campeão do K1. Iniciei o treinamento, mostrei para o Dedé (Pederneiras) e vamos trazê-lo para o Brasil.Vai ser ótimo e vou aprender bastante com ele”.

Outro parceiro de treino do brasileiro é Gray Maynard, que já passou uma temporada treinando na Nova União. Questionado se vai ter outro contato com o peso leve, Aldo contou que ele deve ajudá-lo em mais um camp.

“O Gray faz parte da nossa equipe. Fiquei triste dele ter perdido agora, estava na torcida por ele, que é meu amigo. Mas o Dedé já está conversando com ele para saber que dia ele pode vir para nos ajudar em todas as áreas”, finalizou o campeão dos penas do Ultimate.

Notícias relacionadas