Antes de voltar ao Strikeforce, Guto analisa duelo Belfort x Jones

Preparado para sua segunda luta no Strikeforce, diante de Gian Villante, dia 29 de setembro, o invicto Guto Inocente, em entrevista à TATAME, revelou como estão seus treinamentos na Blackzilians. Além do seu combate, o brasileiro comentou sobre seus novos companheiros de treino: Vitor Belfort e Alistair Overeem. O primeiro sobre seu confronto diante de Jon Jones, valendo o cinturão dos meio-pesados, dia 22 de setembro. Já sobre o holandês, Guto garantiu que ele faria uma luta bastante equilibrada com Cigano, nos pesos pesados, e afirmou que Overeem é mais completo que o campeão da divisão. Confira:

Como está a preparação para o retorno ao Strikeforce?

Estou treinando muito bem e forte aqui na Blackzilians, com uma equipe muito boa e estou bem preparado.

O que você conhece do Gian Villante?

Eu sei que ele tem um bom Wrestling, uma trocação boa também. Básica, mas é boa. Acredito que ele vá ficar tentando me derrubar o tempo todo.

Como está a preparação na Blackzilians em relação a isso de evitar o jogo de quedas dele? Ter parceiros de treino como o Rashad Evans ajuda nessa área?

Com certeza. Tem um monte de gente boa no Wrestling, galera alto nível. Estou me sentindo bem para caramba, estou defendendo bem as quedas e vou chegar lá, soltar o jogo tranquilo.

A sua primeira luta no Strikeforce foi a única que você precisou de todos os rounds para ganhar. Isso te deu uma experiência a mais? Está mais seguro agora?

Eu fiquei frustrado na hora porque bati muito no cara, pensei que ia nocautear e acabei cansando. Foi bom que eu lutei três rounds no evento, estava há muito tempo sem lutar.

Fala um pouco dos seus treinos na Blackzilians, que é uma equipe nova, mas está reunindo grandes feras do MMA.

Só tem treino duro. Agora o Vitor Belfort está aqui, o Alistair Overeem, o Rashad Evans, Anthony Johnson, fora a galera mais leve. Tem o Buscapé, Jorge Santiago, tem uma seleção.

Sobre o Vitor, como está a preparação dele para a luta com o Jon Jones?

É uma luta boa de assistir, bem interessante. Acredito que ele tenha bastante chance. O que falta para o Jon Jones é a trocação, em pé e é o que o Vitor tem de melhor: golpes muito duros, rápidos e acredito que se encurtar a distância, nocauteia o cara.

Sabendo disso, o Jon Jones deve buscar a queda. Como está essa parte do Vitor?

A gente está treinando muito a defesa de quedas, bastante movimentação para ele chegar lá e soltar o jogo dele em pé.

Sobre o Overeem, que está treinando direto com vocês. Ele é realmente esse monstro na trocação?

O cara me surpreendeu. Ele é muito bom em pé mesmo. Eu pensava até que ele tivesse um jogo mais básico, só de joelhada, mas depois que treinei com ele vi que é muito bom, alto nível, bem malandro na trocação, bem da Holanda. Falam que a trocação de holandês é muito boa. Fora que é difícil de derrubá-lo. Às vezes ele derruba a galera também e no chão ele não está de bobeira.

Como seria uma luta dele com o Cigano?

Acho que o Cigano tem que botar para baixo. Trocar em pé não ia dar.

O Overeem leva vantagem na trocação?

Eu acho. Ele tem um Boxe duro para caramba, chuta e é até mais completo que o Cigano. Se ele lutar com um cara que vai só boxear com ele, vai ser fácil.

Notícias relacionadas