Antoine Jaoude

Um dos maiores nomes da Luta Olímpica brasileira, Antoine Jaoude garantiu o lugar mais alto do pódio na Seletiva para o Abu Dhabi, que rolou no Rio de Janeiro no último final de semana, e está com o passaporte carimbado para o ADCC 2009. Analisando seu desempenho na Seletiva, Jaoude falou sobre suas expectativas para 2009, planos para o MMA e o futuro do Submission no Brasil. Confira abaixo o bate-papo que a TATAME teve com o campeão.

O que você achou da sua participação na Seletiva do ADCC?

Eu estava me preparando psicologicamente e vinha bem mais focado do que na Seletiva anterior, mas, infelizmente, machuquei o meu dedo do pé duas semanas antes do evento e continuei treinando mesmo com muita dor. A dor foi progredindo, então resolvi ir ao ortopedista e descobri que estava com algumas fraturas no dedão. Essa infelicidade fez com que eu me focasse ainda mais e ficasse mais estratégico, e isso fez com que eu evitasse cometer erros bobos. Aí, só me restou relaxar e confiar em Deus.

Você acredita que a vitória sobre o Gabriel Vella na primeira luta foi determinante para que você ganhasse confiança no evento?

Eu sinceramente não esperava desbancar um cara como o Vella logo de cara. Eu já conhecia o Gabriel, é grande lutador, guerreiro, e passei a admirá-lo mais ainda depois que ele se aventurou no Wrestiling, pois não é qualquer um que faz isso. Acredito que era o meu dia mesmo, era pra ser.

Como vão ser os treinamentos para o ADCC? Quais as suas expectativas?

Eu treino Submission com o Sr. Leitão e vou trabalhar muito para representar o Brasil à altura e, o mínimo que eu posso fazer, é treinar dia e noite Jiu-Jitsu e Luta Livre, para chegar bem, pois eu passei por adversários muito duros e estou treinando pensando nisso, pois não quero decepcioná-los. Sei que todos vão estar de olho em mim e isso faz com que eu queira representar o Brasil no mais alto nível e chegar lá e ganhar bem dos estrangeiros.

Como você vê o futuro desse esporte no Brasil? Acha que as condições estão melhores do que há alguns anos atrás?

O esporte melhorou muito, foi uma das seletivas mais fortes que já existiu, o nível aumentou bastante e o Brasil é o melhor do mundo nesse esporte. Eu só acho que faltou premiação em dinheiro para os campeões, pois nós somos atletas profissionais e precisamos viver… Eu tenho dois filhos e os eventos precisam ter premiação em dinheiro.

Quais são as suas metas e planos para 2009? Vai focar mais em qual modalidade?

Agora que venci a Seletiva, minha maior meta para esse ano vai ser o ADCC, mas pretendo lutar outras modalidades. O meu chão está muito bom, pois eu venho treinando duro para o Sengoku. Acredito que devo fechar o contrato do evento e lute em março, estamos negociando, mas você sabe como são complicados e inconstantes esses eventos, então continuo treinando e, se a minha luta for confirmada, estarei pronto.

Notícias relacionadas