César Gracie revela: ‘Nick Diaz deve enfrentar Koscheck em sua volta’

Nick Diaz foi suspenso por testar positivo no exame antidoping (Foto UFC)

Nick Diaz ainda cumpre suspensão por ter sido pego no exame antidoping por uso de maconha. No entanto, seu nome voltou à baila essa semana depois que o ex-desafiante número um da categoria, Josh Koscheck, o listou no Twitter como um dos seus adversários desejados.

Ao saber disso, o treinador de Nick, César Gracie, afirmou em entrevista à TATAME que o combate é interessante para ambos os lados.

“Eu ouvi as declarações do Dana White dizendo que o Nick terá que lutar contra alguém antes de ter nova chance ao title shot e há um monte de lutadores lá fora que gostariam desse combate, como o Demian Maia, Josh Koscheck, e eles sabem que enfrentar o Nick Diaz é sinônimo de uma grande luta. Eu não acho que o Nick vai ter problema algum em enfrentar qualquer um deles”, disse César, emendando.

“Pessoalmente, eu gosto da opção dele lutar contra o Koscheck, que é um cara muito popular aqui nos Estados Unidos, tem grande reconhecimento do público, todo mundo sabe quem ele é, especialmente aqui. O Demian Maia é um excelente lutador, acho que também seria um grande adversário, mas aqui nos Estados Unidos ele não é tão popular quanto o Koscheck. Então eu acho que o Nick provavelmente vai enfrentar o Josh Koscheck no seu retorno ao octógono”, completou.

César disse que espera que o canadense Georges St-Pierre vença o combate do próximo dia 17 de novembro contra Carlos Condit, em luta que valerá a unificação dos títulos da categoria meio-médio do Ultimate.

“O GSP provavelmente vai vencer. Não acho que o Condit será capaz de evitar as quedas e eu sinceramente não sei se ele tem alguma noção de Jiu-Jitsu para supreender o GSP. Uma das vantagens que o Condit tem é que o GSP ficou parado por quase dois anos e isso sempre traz alguma dificuldade para quem está voltando”, declarou, complementando.

“Nós não acreditamos que o Condit vai ganhar, é possível, mas nós não esperamos por esse resultado. Se Diaz enfrentar de novo o Condit, eu acredito que o Condit vai repetir o que fez na luta passada, vai correr, não vai buscar o combate e o público não quer ver isso de novo. Eles querem ver a luta entre o Nick e o GSP”, disparou.

César Gracie ainda justificou as declarações de Diaz sobre o desejo de enfrentar o campeão dos médios do UFC, Anderson Silva, em um combate de peso combinado:

“O Nick quer muito essa luta porque ele tem muita admiração e respeito pelo Anderson como lutador. Anderson Silva é um verdadeiro artista marcial, ele estuda artes marciais, é um excelente representante do esporte. O Nick ama artes marciais e isso, para ele, é suficiente para se colocar como oponente do Anderson Silva”, finalizou.

Notícias relacionadas