Exclusivo: Melendez não se recupera e cancela nova luta no Strikeforce

Melendez cancelou mais uma luta no evento (Foto Esther Lin)

O campeão dos leves do Strikeforce, Gilbert Melendez, não participará do último card do evento, que acontecerá em janeiro.

Presidente do UFC, Dana White disse, em um chat na internet, ter ouvido rumores sobre uma possível lesão de Melendez. Procurado pela TATAME, Cesar Gracie, treinador do peso leve, confirmou a informação e o cancelamento da luta contra Pat Healy.

“Eles ainda não oficializaram, mas o Gilbert não está treinando firme. Eu acho que ele nunca se recuperou da lesão no ombro e não vai ter condições de lutar em janeiro. Ele teve uma consulta médica essa semana e o médico disse que ele não vai poder lutar”, declarou o Gracie, em entrevista à TATAME.

Segundo César, o plano agora é cuidar da recuperação de Gilbert para que ele possa, em breve, estrear pelo UFC. “Nós vamos focar na recuperação dele. Com o fim do show, ele deve migrar para o UFC e deve estrear o quanto antes, assim que se recuperar”, completou.

Detentor do cinturão do evento desde 2009, Gilbert Melendez acumula sete vitórias consecutivas. A última delas se deu contra Josh Thomson, em maio deste ano. O campeão dos leves do Strikeforce sofreu uma lesão no ombro durante o treinamento para a luta que faria em 29 de setembro contra Pat Healy. Na época foi divulgado que ele não precisaria de cirurgia.

O Strikeforce cancelou suas duas últimas edições por lesões nas lutas principais. A primeira com Melendez, e a segunda com Daniel Cormier, que enfrentaria Frank Mir. O card de janeiro corre menos riscos de ser cancelado, uma vez que conta com a participação de outros campeões da franquia: Luke Rockhold encara Lorenz Larkin (peso médio), Nate Marquardt pega Tarec Saffiedine (peso meio-médio) e Daniel Cormier duela com Dion Staring (peso pesado).

 

Notícias relacionadas