Gabi Garcia pode trocar pano pelos ringues de MMA: ‘Estou desmotivada’

Gabi Garcia é tetracampeã mundial no absoluto (Foto Eduardo Ferreira)

Gabi Garcia escreveu mais um capítulo de sua história no Mundial. No campeonato que foi realizado em Long Beach, Estados Unidos, a faixa-preta conquistou o quarto título absoluto na carreira, ao vencer Bia Mesquita na decisão. Em entrevista à TATAME, a atleta revelou que sentiu problemas de saúde nos seus combates, mas comemorou mais uma medalha na sua galeria.

“Estou muito feliz. Passei mal ontem durante as lutas, não fiz o campeonato que queria, não lutei como queria, mas isso foi resultado de muito treino e quando treina muito tudo vai no automático. A minha pressão baixou, mas lutei, fui campeã de novo, contra a Bia, que sempre luta difícil. Tem a diferença de peso e ela está sempre brigando. Agora, quatro vezes campeã absoluta não tem como explicar. Marquei meu nome na história do Jiu-Jitsu feminino”, disse.

Antes do absoluto, Gabi também chegou na final do peso, quando encontrou sua companheira de academia, Andressa Correa. Em uma decisão em conjunto, após muita indefinição, foi decidido que o título ficaria nas mãos de Andressa, sem acontecer o combate.

“Eu falei para a gente tirar no par ou ímpar. Muitas pessoas acharam que a gente fosse lutar, porque ambas queriam o título, também por premiação, patrocínio e tudo. Mas acho que cheguei nesse momento por ter coração bom também e ela merecia ser campeã do mundo, vem todo dia de Bragança Paulista para treinar. É Alliance em cima de qualquer coisa. Não tem porque lutar com quem treino todo dia. Tenho quatro títulos e é a vez de outras chegarem. Foi uma decisão em equipe. Depois veio o resultado no absoluto e cada uma ficou com uma medalha ouro. A Alliance está toda feliz”.

Gabi venceu Bia Mesquita mais uma vez em finais (Foto Eduardo Ferreira)

Com seu nome na história da arte suave, Gabi adiantou que pretende buscar novos ares, e o MMA será seu destino. De acordo com a campeã, ela está desmotivada em continuar a competir de quimono.

“Quero lutar MMA agora. Não sei quando volto a lutar de pano. Estou desmotivada, não por me achar invencível, mas temos que achar outro desafio. Muita gente não está lutando absoluto, focando no peso, e tenho que ter outro objetivo na vida. Se conseguir baixar de peso e caso o UFC ou outros eventos abram categorias, vou descer o máximo. Agora vou treinar para o ADCC, onde vou defender meu título”.

Atualmente pesando 109kg, a lutadora sabe que precisa baixar de peso para se encaixar em alguma divisão no MMA feminino. Segundo a faixa-preta, sua ideia é tentar chegar a 90kg e sabe que precisa voltar seu foco para a dieta para alcançar seu objetivo.

“Eu quero baixar para 90kg e no dia da luta baixar para 85kg. Meu nutricionista disse que conseguiria, mas teríamos que ver antes para não ter o risco de perder a minha força. Acho que força não vou perder, mas já estive mais seca do que hoje. Eu tenho muita cobrança, ninguém sabe o que passo para estar aqui. As vezes a gente precisa de paz e talvez depois desse título volte para o foco da dieta para baixar de novo”.

Gabi Garcia novamente foi o grande nome do Mundial de Jiu-Jitsu, com o título no absoluto e vice no peso (Foto Eduardo Ferreira)

Com a cabeça voltada para entrar de vez no MMA, Gabi sabe que precisa melhorar aspectos no seu jogo. E para isso, ela revelou que recebeu alguns convites para treinar em academias renomadas no esporte e afirmou que vai se cercar da melhor equipe para repetir o sucesso que conseguiu no Jiu-Jitsu.

“Fui convidada para treinar em Curitiba, Miami, na Blackzilians e até o Demian Maia disse que as portas estão abertas na academia dele. Já treinei muito Boxe, mas não tenho base nenhuma de Muay Thai. Então o dia que decidir, vou focar a melhor pessoa e equipe para focar nisso. Com quatro mundiais absolutos dá para passar uns anos descansando que ninguém me passa (risos). Não sei se volto ano que vem. O que eu fiz para o Jiu-Jitsu feminino está marcado na história a e esses títulos ninguém tira”.

COBERTURA PATROCINADA POR KEIKO SPORTS

Notícias relacionadas