Coluna Dicas de Coaching: aprenda como diminuir seu 'peso emocional' antes de uma competição

Tatame

05/08/2016 10:17

É muito comum ouvir em entrevistas, após uma competição, os atletas se reportarem à sua família, seu mestre, seus companheiros de treino, seus alunos, seu médico, e todos os que os incentivaram para estarem ali. Se houver vitória, eles agradecem. Se houver derrota, eles se desculpam e prometem que voltarão mais fortes ainda. Geralmente é assim. Com certeza, é importante o apoio de todos os que fazem parte da vida do atleta. Ele se sente amparado para conquistar seu objetivo e incentivado a seguir ultrapassando as barreiras. Alguns chegam a afirmar que todos os incentivadores competiram com ele. E acreditam que existe uma força extra nisso. De fato, essa força existe e tem que ser aproveitada em determinados momentos.

621x413
Em seu novo artigo, Andrey cita formas de diminuir o peso emocional de uma competição (Foto divulgação)


Existe um provérbio que diz: “Se você quer ir rápido, vá sozinho. Se você quer ir longe, vá em grupo.” Porém, existe um momento em que o atleta, para se manter focado e atuando na sua melhor versão, precisa se afastar de todos, para depois reencontrá-los novamente. Esse momento é exatamente a hora da competição.

Dica do Coach: diminuindo o peso da competição

Se estas pessoas realmente se importam com a vida do atleta, o resultado que ele tiver, seja vitória ou derrota, não mudará em nada o que seus verdadeiros incentivadores sentem por ele. E competir com toda esta “responsabilidade emocional” é como competir com uma mochila lotada de peso. E isso diminui o foco e compromete o desempenho físico e técnico. Então, na hora da competição, o atleta compete somente por ele e por mais ninguém. Ele tem que estar com a mente o mais leve possível. Tem que estar focado somente em uma ou duas coisas inerentes à competição. E coisas que ele possa controlar, como sua respiração, sua estratégia, sua reserva de gás, etc… É importante escolher uma ou duas coisas, no máximo, e confiar que tudo que ele treinou vai aparecer naturalmente. Qualquer coisa, além disso, é peso, gasto de energia.

Um dos segredos da mente focada é não é deixá-la solta, mas conectada a uma coisa, e essa uma coisa tem que ser algo que você possa controlar (sua respiração, sua estratégia, sua reserva de gás, etc). Portanto, pouco antes da competição, imagine que você está com uma mochila lotada e pesada. E lá estão todos os que te incentivaram até ali. Com respeito, agradeça a todos, e esvazie a “mochila mental”, deixando nela somente o que precisa para a competição. Após a prova, seus verdadeiros incentivadores estarão lá, orgulhosos, para você comemorar a vitória ou a boa batalha, seja qual for o resultado. Isso, sim, é o apoio importante.

E o velho samurai disse: - Guerreiro, de onde você vem?- Da batalha. - Quantos estavam com você? - Somente EU. Para maiores informações, veja: http://coachandrey.com.br/inicio ou pelo e-mail contato@coachandrey.com.br / https://www.instagram.com/coachandreyfigueiredo/